AD (728x90)

quinta-feira, 9 de julho de 2009

A Pirâmide Perdida!

Junto ao Planalto de Gizé, uma equipa de arqueólogos descobre uma pirâmide gigante. À medida que escavam nas profundezas das câmaras da pirâmide, as provas mostram que esta é a quarta e última pirâmide de Gizé. A sua construção, há cinco mil anos, foi uma corrida contra o tempo. Em apenas sete anos, entre a sua subida ao poder e a sua morte, o envelhecido faraó Djedefré estava determinado em exceder os feitos do seu odiado pai, o grande Queops, o faraó mais poderoso que o Egipto alguma vez conheceu. Radjedef iria imprimir a sua supremacia neste mundo e no próximo fazendo erigir a mais alta pirâmide alguma vez construída, elevando-se 60 pés acima da Grande Pirâmide de Gizé, de Khufu.

Ao longo dos cinco milénios seguintes, a pirâmide de Radjedef foi esquecida e quase enterrada pelas invasivas areias do deserto numa ponta remota do planalto de Gizé e o seu significado para as três grandes pirâmides foi perdido. Actualmente, o topo da pirâmide desapareceu uma vez que lhe foram sendo retiradas e recicladas partes ao longo dos milénios para construir Cairo antiga; esta estava mais vulnerável à destruição às mãos do homem devido à sua localização mais remota. A areia também reivindicou algumas das partes mais baixas da pirâmide. Por estas razões, os arqueólogos e os egiptólogos só recentemente estabeleceram a ligação às pirâmides de Gizé. Hoje, apenas com uma reindentificação positiva é que os egiptólogos ingleses e norte-americanos, incluindo Michel Vallogia, da Universidade de Genebra, e Joanne Rowlands, da Universidade de Oxford, liderados pelo Director do Supremo Conselho para as Antiguidades do Egipto, Dr. Zahi Hawass, redescobriram a quarta e a maior das pirâmides.

O Canal de História terá direito exclusivo à própria escavação, à identificação positiva final e a todas as revelações científicas que estão a ser feitas sobre esta. Construindo um túnel por baixo da quarta pirâmide e utilizando avançada tecnologia, incluindo um radar que penetra no solo, os peritos irão pôr a nu a estrutura da pirâmide de Radjedef, identificar a sua planta e estabelecer as câmaras individuais. A equipa irá, igualmente, mostrar como é que a redescoberta e a atribuição da pirâmide a Radjedef podem fornecer as pistas que faltavam para construir uma planta do planalto de Gizé. Isto incluiu os elevados trilhos construídos para levar as pedras até ao local das pirâmides; gigantes canais para os barcos fúnebres ou solares de 47 pés que transportariam a múmia do faraó até à pirâmide; e que seriam então sepultados junto às pirâmides para transportarem os faraós até às estrelas e à vida no além. Irá mostrar o labirinto de túneis que ligavam as pirâmides e os palácios dos faraós.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger