Novo Visual

todos os comentarios são moderados

Popular Posts

Blog Archive

Tecnologia do Blogger.

CONVITE

2012

Blogroll

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Perito diz ter provas da existência do Pé Grande!



Perito diz ter provas da existência do Pé Grande



Um perito forense americano afirma que acredita ter encontrado fortes evidências da existência da lendária criatura que ficou conhecida como Pé Grande.

Diversas pessoas já afirmaram ter visto criaturas deste tipo, mas os relatos sempre foram recebidos de maneira cética por cientistas, que contestam a existência do Pé Grande.

O investigador Jimmy Chilcutt, do Departamento de Polícia de Conroe, no Texas, especialista na análise de marcas de pegadas e impressões digitais, diz acreditar que seis pegadas atribuídas à criatura são genuínas.

Chilcutt afirma que ficou convencido da existência do Pé Grande depois de estudar as características de uma pegada de 42 centímetros encontrada em Washington, em 1987.

Diferença

"O que difere essa marca é que ela tem sulcos dérmicos, e a forma e a textura são compatíveis com a forma e a textura dos sulcos de uma outra, encontrada na Califórnia", disse o investigador em entrevista à BBC.



"Os sulcos são cerca de duas vezes mais grossos que os de um ser humano", acrescentou Chilcutt.

Antes de se envolver no estudo das pegadas, o investigador da polícia texana reuniu uma coleção de rastros de macacos como parte de um projeto de pesquisa.

De acordo com Jimmy Chilcutt, as características da forma dos sulcos das pegadas são cruciais para provar que as marcas não foram feitas por um homem ou algum primata com o pé maior do que o comum.

"Os sulcos acompanham a lateral da pegada. Em humanos, os sulcos cruzam a extensão da pegada", disse o perito. "Isso é o que torna (a pegada do suposto Pé Grande) única."

"O único outro animal que eu vi deixar esse rastro foi um macaco berrador da Costa Rica."

"Como perito forense, não me importo com o que eu acho ou acredito. Eu examino evidências físicas e chego a uma conclusão. Eu sei que há um animal lá fora, porque eu vi as evidências físicas."

Versão americana

O Pé Grande é considerado uma versão americana do Yeti do Himalaia. O nome surgiu a partir das enormes e misteriosas pegadas encontradas em uma floresta da Califórnia em 1959. O sul tirolês Reinhold Messner, montanhista renomado conquistador de inúmeras vias e rotas nas montanhas do Tibet disse que viu e seguiu um "Pé grande". Chegou a realizar uma expedição à procura do "Yeti", como os orientais chamam a lendária criatura.

Centenas de outras pegadas foram descobertas desde então, mas muitas delas acabaram sendo identificadas como farsas.
"Há relatos de pessoas que afirmam ter visto a criatura em todos Estados americanos, exceto no Havaí e em Rhode Island", afirma Craig Woolheater, diretor do Centro de Pesquisas Pé Grande do Texas.
"Não é o elo perdido, não é um extraterrestre, é apenas um animal: um primata de carne e osso que aprendeu a ser esquivo e evitar o homem sempre que possível."
A organização de Woolheater investiga por ano cerca de cem relatos de aparições do Pé Grande no Texas e em Estados vizinhos como Arkansas e Louisiana.Os membros do grupo utilizam uma grande variedade de equipamentos – câmeras por controle remoto, sistemas de vigilância por vídeo, aparelhos para visão noturna etc. – em um esforço para conseguir provas em foto ou vídeo da existência da criatura.


Até agora, a iniciativa não foi bem-sucedida, a maioria das 'evidências' encontradas – como fotos, amostras de pêlo e até sangue – acabou se revelando falsa.

Criptozoologia



O Pé Grande é provavelmente o mais conhecido assunto da criptozoologia, o estudo de criaturas escondidas.
Apesar da atenção despertada pelas pegadas, a maioria dos cientistas permanece cética e afirma que o Pé Grande é, na verdade, uma ilusão.
"Um dos problemas, e eu sei disso por minha formação em psicologia, é que é realmente muito fácil se enganar", diz Benjamin Radford, editor da revista Sceptical Inquirer.


"O que ocorre com freqüência é que as pessoas andam por florestas e observam alguma coisa no canto dos olhos – alguma coisa escura, ou peluda, e rápida – que as deixa surpresas ou em choque."

"Se elas já estão pensando que há um Pé Grande na região, é fácil mudar de 'eu vi alguma coisa, não sei o que é' para 'eu vi alguma coisa, é o Pé Grande'."


Dessa vez eu acho que é sério pessoal!Uma especie de reportagem confirmando a existencia do pé grande!Textos e fotos sobre o famoso Bigfoot!Boa leitura!E OLHE BEM AS FOTOS!Clique em leia mais!
Reações:

1 comentários:

Paulo disse...

Muito bom esse blog, estão de parabéns!