AD (728x90)

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Incrível relato de um Contato Imediato de 3° Grau ocorrido na Polônia

Relatório de Campo: Marcas de aterrissagem de OVNI = crop-circle

Em 26 de Abril de 2004 o site Rense.com postou uma ocorrência intrigante vinda de Brian Vike (HBCC UFO Research) sobre um “encontro imediato de 3° grau” ocorrida 8 meses antes, em uma área rural do Norte da Polônia. (Fonte de Vike: Tomek Wierszalowicz).

Meu grande interesse foi o fato de que a testemunha havia descoberto áreas achatadas de plantação no campo após o OVNI partir. Vários círculos formando uma configuração nas fotografias obtidas eram idênticas aos chamados “crop-circles”(círculos de plantação). Seria esta a primeira evidência clara de que são os OVNIs os causadores diretos de ao menos alguns dos “crop-circles”?




Em Outubro de 2006 eu me encontrei com a testemunha ocular em uma conferência em Warsaw onde nós conversamos e depois gastamos um dia inteiro em uma viagem à Zdany(onde membros do Grupo Nautilus e eu estávamos investigando outro incidente de OVNI). Os tradutores presentes na Conferência Nautilus eram excelentes, e o subseqüente questionamento intensivo feito por mim para o Sr.Chacinski e seu amigo Zbyszek Kalisiak (traduções aprofundadas neste texto feitas por Less Hodun) revelaram algumas correções em relação ao texto original, assim como muitos detalhes adicionais.
Estou convencida da honestidade total do Sr. Chacinski e sua habilidade para recontar precisamente os detalhes deste incidente, e também percebi que os “crop-circles” – que eu sempre achei que não fossem relacionados aos OVNIs – algumas vezes são.
Em seguida está uma compilação do texto original, já com os novos detalhes fotos e ilustrações



Lech Chacinski é um motorista de caminhão que vive em Wierzchowo, Polônia com sua mulher e crianças. Na manhã de 11 de Agosto de 2003, ele saiu para trabalhar às 4:20 da manhã, mas ao chegar à uma ponte perto de Szczecinek ele observou 3 figuras (em formação triangular, um à frente dois atrás) na frente dele na estrada – a figura na frente com sua mão levantada como em um cumprimento. Ao frear seu carro, o trio andou até ele, e ele achou que fossem homens vestidos em trajes similares ao de astronautas. Entretanto, ao chegarem perto da janela do motorista ele percebeu que havia algo “extraordinariamente perturbante” neles.

Sentindo-se quase congelado à aproximação do primeiro humanóide(Lech o chamou de “líder”) do triângulo em sua janela, Lech pôde ver um capacete escuro com um visor feito de algum material transparente, através do qual ele viu 2 grandes (3cm de diâmetro) olhos redondos e negros mas não viu outros detalhes faciais. Ao perceber plenamente o que estava acontecendo, Chacinski quis fugir dirigindo imediatamente, mas um cegante “facho de luz” disparou de uma câmara retangular acima do capacete do “líder” e Chacinski perdeu a consciência.

Quando ele a recobrou alguns momentos após ele se sentiu “calmo” e sabia que o “líder” estava falando com ele telepaticamente e que ele não devia se assustar. Ele ouviu a questão: “Você nos ouviu?” e mentalmente respondeu “sim”, após isso lhe foi dito que descesse do veículo, o que ele fez relutantemente.

Lech, descreveu as entidades como sendo do tamanho de humanos altos (aprox. 190 cm), com forma humana básica (2 braços, 2 pernas, torso e cabeça), usavam um macacão bem justo de um material grosso, cinzento e elástico. Ele diz que estes macacões pareciam ser “inflados de dentro para fora” e eram “integrados com seus sapatos e luvas”. Em seus capacetes havia um tipo de banda em volta da testa que tinha uma fonte de luz no centro e no topo havia algo que Chacinski descreveu como um aparelho de comunicação. Ele não viu nenhuma insígnia nas roupas, mas em seus peitos havia um painel retangular e quadriculado com 7 linhas de luzes coloridas diferentes. Ele não se lembra a combinação das cores, mas diz que as luzem caíam em seqüencia, uma por uma, como uma fonte. Eles também tinham mochilas nas costas que pareciam com as usadas por astronautas.




Durante os aproximadamente 15 minutos do encontro, Lech, telepaticamente percebeu muitas questões colocadas a ele pelos seres. “De que material seu veículo é feito?” “Como isso funciona?” “Que tipo de combustível usa?”. O Sr. Chacinski fez o seu melhor para responder e notou que eles expressavam surpresa quando ouviam como o veículo operava. Eles também mostraram interesse em sua roupa em particular no cinto e sapatos. [Este detalhe é de grande interesse, seres encontrados em outro caso de contato na Polônia(a ser apresentado separadamente) também mostraram grande interesse nos cintos e sapatos da testemunha]

O “líder”(que foi o único a se comunicar) disse então que eles tinham vindo deixar uma mensagem ao habitantes da Terra e Lech sentiu que estava sendo encarregado de espalhar ao máximo esta mensagem.

Em essência a mensagem era de que devemos tomar conta de nós e de nosso planeta e que se continuássemos a desrespeitar as leis da Natureza, o resultado seria catastrófico. Porquê este encontro, e essa mensagem -aparentemente sobre o ambiente- foi entregue à Lech, ele não faz nenhuma idéia. O Sr. Chacinski, conseguiu aparentemente perguntar apenas uma coisa destes seres: “De onde vocês são?” à qual eles responderam “Oitava Galáxia”. Eles também lhe disseram que retornariam, embora não tenham dado detalhes de quando, onde e por qual propósito.

Realmente impressionado pelo presente encontro, Chacinski então assistiu aos seres levitarem cerca de 3 metros no ar e flutuarem através do campo adjacente a estrada para um “sólido disco de metal” afastado cerca de 300 mts(o qual ele não havia percebido até então). Lech calcula que o corpo do OVNI tinha aproximadamente 50 metros de largura por 20 mts de altura(as “pernas” sendo embaixo do corpo da nave).

Haviam 3 linhas de janelas coloridas individuais na metade superior do OVNI e 3 armações de 5 mts de comprimento, como vigas-mestra, que eram os pés da nave, cada uma delas terminava em 2 apoios redondos que aparentemente nivelavam o OVNI no terreno irregular no topo do monte. [Lech não está absolutamente certo de que os pés tocavam o solo]
No topo do OVNI havia uma câmara opaca e duas “antenas”. Os seres aterrissaram perto da nave e andaram até um ponto onde um “facho muito forte de uma luz branca-azulada” disparou de uma abertura redonda que abriu embaixo da nave. Este “facho de luz” levou os três seres para dentro do OVNI, após isso acontecer a porta se fechou e uma nuvem colorida envelopou a nave.



O disco então flutuou sobre o solo cerca de 50 mts, parou brevemente, (a fumaça então se dissipou) e então foi embora num ângulo de 70° Graus em direção à Sudeste, fazendo um barulho sibilante como “ssssssss”.

Após a partida do disco uma marca de múltiplos círculos pôde ser vista no campo, nos quais as plantas estavam enroladas e achatadas, com círculos menores exatamente nas áreas aonde o Sr. Chacinski viu os pés da nave.

Ao voltar para o carro após o disco ter partido um conhecido de Chacinski parou próximo a ele, perguntando se ele precisava de ajuda. Dizendo que não, que estava bem, Lech então percebeu que ele não havia visto outros carros passando durante o incidente todo e se perguntou se de alguma forma os humanóides teriam causado isso.

Ele foi trabalhar e a príncipio não disse nada aos colegas sobre o incidente. Ele, no entanto, ligou para a polícia anonimamente para reportar o “crop-circle” e então foi para casa por um tempo e contou à sua mulher sobre a experiência. Eles discutiram sobre o que fazer, em particular sobre a “mensagem” que ele havia recebido. Lech diz que não queria falar nada sobre o encontro matutino.

Mas, naquela tarde, de volta ao trabalho, ele decidiu notificar a polícia novamente, desta vez identificando-se e descrevendo o evento inteiro. Ele também contou aos seus colegas e outros, sofrendo as subseqüentes ridicularizações e “tempos muito ruins”, com muitas pessoas rindo dele e fazendo graça de seu relato.

Lech retornou ao “crop-circle” no dia seguinte com seus dois filhos, sua filha e o marido dela e andou no grande círculo interno. Após alguns minutos dentro do círculo ele novamente experenciou um momento “tão ruim quanto quando foi cegado pelo facho de luz do “líder”, mas desta vez ele não perdeu a consciência.

Durante 3 ou 4 meses seguintes ao encontro ele diz que sentiu extraordinariamente “tranqüilo” e desinteressado em brigas ou levantar sua voz, uma mudança também notada por sua mulher e amigos.




Baseado em duas novas fotos obtidas, abaixo (assumindo que a altura do homem no centro do círculo seja de cerca de 2 mts de pé), eu medi o círculo do meio como tendo 22 metros de diâmetro. Se a estimativa do Sr. Chacinski estiver correta, o “crop-circle” inteiro estava sob o OVNI.



Até onde sabemos esse é primeiro relato detalhado de um OVNI “sólido” e de seres “humanóides” diretamente associados à criação de um “crop-circle”. Outros testemunhos contam de fenômenos aéreos iluminados criando “crop-circles”.

Para mim, tendo agora encontrado e gasto um tempo considerável com Lech e alguns de seus amigos, este relato resolve qualquer dúvida que houve um OVNI envolvido na criação deste “crop-circle”. E também me parece que os OVNIs -o que quer que sejam- tem associação mais direta do que eu pensava com os “crop-circles”.

Isto significa que todos os “crop-circles” são causados por OVNIs? A maioria dos pesquisadores de “crop-circles” que eu conheço não acham isso. E se, isso indica então que há muitos agente causadores, bem, começa a parecer que qualquer compreensão profunda deste bizarro fenômeno pode ser mais elusiva do que primeiramente era suspeito.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

1 comentários:

Anônimo disse...

I like it very much!

Total de visualizações

 
Powered by Blogger