AD (728x90)

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

OVNI paralisa aeroporto na China!


“Um Objeto Voador Não-Identificado (OVNI) interrompeu o tráfego aéreo sobre Hangzhou, capital da província de Zhejiang, ao final da quarta-feira (07/07), disse o governo municipal. O aeroporto de Xiaoshan foi fechado depois que o OVNI foi detectado ao redor das 21:00 horas, e alguns vôos foram redirecionados. … Uma fonte com conhecimento na matéria, contudo, disse ao China Daily na quinta-feita que as autoridades identificaram o OVNI depois de investigação, mas não seria o momento apropriado para divulgar essa informação porque há uma conexão militar, teria dito, adicionando que uma explicação oficial deve ser dada na sexta-feira”. [fonte: People’s Daily, 9 de julho de 2010]

E, no entanto, mais de uma semana depois nenhuma explicação oficial foi dada. Apesar da justificativa imediata que vem à mente envolver conspiração e acobertamento de testes militares, quiçá espaçonaves alienígenas, talvez se deva questionar se a fonte que declarou que as autoridades sabiam o que era o OVNI e que dariam uma explicação oficial simplesmente não fosse uma fonte confiável.

Principalmente porque no caso do OVNI que paralisou o aeroporto de Xiaoshian, nenhuma fonte parece ser confiável. Incluindo, principalmente, os jornais.


Explicando a foto inicial
A imagem que circulou inicialmente com a notícia, vista no início deste texto, é descrita como sendo tomada por “um residente em Hangzhou mostrando o objeto voador flutuando sobre a província de Zhejiang em 7 de julho”. Seria o próprio OVNI em questão.

No entanto, como várias pessoas notaram, a fotografia em questão foi capturada com longa exposição – note-se a imagem dupla, com “fantasmas”, da casa à esquerda e outros objetos na cena. O que se vê é o que foi capturado pela câmera com o obturador aberto por vários segundos, e qualquer objeto em movimento apareceria como um borrão, um rastro. E um objeto em movimento com luzes fixas e piscantes, como uma aeronave comum com luzes de sinalização, surgiria exatamente como na imagem. As luzes fixas de pouso mais intensas formam o rastro branco abaixo, enquanto as de sinalização vermelhas acima, que podem também piscar, rapidamente duas vezes, formam os dois pontos próximos que alguns identificaram como “janelas” de uma espaçonave.

O efeito é bem comum e conhecido por pesquisadores de OVNI. A fotografia abaixo, capturada com longa exposição de um avião sobrevoando o Capitólio em Washington, em 2005, exibe o mesmo efeito:



É apenas um avião. A fotografia do residente de Hangzhou apresentada como sendo o OVNI é apenas um avião. Identificamos o OVNI? A história é um pouco mais complicada, porque as fontes não são nada confiáveis, mesmo quando erram.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger