AD (728x90)

domingo, 9 de janeiro de 2011

Escada de Santa Fé


A Capilla de Loreto é uma capilla na Cidade de Santa Fé, Novo México (EE. UU.). Na rua de San Francisco de Asís, encontra-se dita Capilla de Loreto, conhecida universalmente por sua escada, em torque, a qual é um excepcional trabalho de carpintería. Não existe documentação alguma sobre sua construção, sendo considerado um milagre pelas Irmãs de Loreto e multidão de pessoas. Em 1872 Juan Bautista Lamy, Bispo da Archidiocesis de Santa Fé, ordenou a construção de uma capilla para o convento da cidade com o nome de Nossa Senhora da Luz, a cargo das Irmãs da Ordem de Loreto.

A capilla foi construída pelo arquitecto francês Antonio Mouly em estilo Gótico. O coro de reduzidas dimensões precisava de uma escada de mão para aceder ao mesmo, tendo isto um caracter provisório. Mas o arquitecto morreu repentinamente deixando-se sem construir uma escada em condições para chegar ao coro da capilla. A quantas pessoas consultaram deram por solução derrubar o coro de reduzidas dimensões e construí-lo novamente ou seguir acedendo ao mesmo por médio de escadas de mão. Precisando alguém qualificado para construir essa escada rezaram a San José, uma nona. No último dia da nona um estranho apareceu na Capilla. Disse-lhes que construir-lhes-ia a escada, mas que precisava de total privacidade durante três meses. A identidade desse carpintero desconhecido não pôde ser constatada pois assim que terminou se marchou sem receber pagamento algum pela obra. A escada realizou-a sem pregos, nem cola algum, só montando peças de madeira. É uma obra incrível de carpintería, com um ponto de equilibro impossível segundo vários engenheiros e arquitectos. A madeira usada não existe pela zona, e a dificuldade técnica da escada resulta notável. Segundo a lenda foi o mesmo San José quem apiadándose das freiras construiu-lhes a escada. Actualmente está valorizada em uns $150 000.

A escada originalmente carecia de uma baranda de protecção, a que foi agregada em 1887 pelo artesão Phillip August Hesch.

Em 1971 o convento foi vendido, sendo a capilla desconsagrada como capilla Católica. Na actualidade é um museu privado que se financia a venda de pacotes matrimoniales.

Entre os mitos que rodeiam a escada se menciona que nenhum cientista tem podido explicar como a escada se mantém e não se caiu até o momento, considerando que não possui um suporte central. O verdadeiro que é que existem dois pontos que considerar. O primeiro é que o larguero interno da escada (de menor rádio que o exterior) actua como um mastro que mantém a estrutura em sua deslocação vertical. E o segundo, que sua deslocação horizontal se evita com a existência de um suporte de ferro que une o larguero exterior da escada a uma das colunas da capilla que suporta o teto.

Também se diz que a escada foi mandada a fabricar a França e que se montou com peças já prefabricadas dentro da capilla, ao ser sua montagem extraordinariamente rápida a gente do lugar comenzo a fala por milagre Uma possível solução, pela época (finais do século X1X) e a alusão a que o material pôde vir da França, é que a estrutura que suporta à mesma seja uma celosía de perfil baixo tridimensional helicoidal interior, a base de angulares roblonados, (tipo Eifel), ancorados no solo, a média altura no pilar lateral, e na parte superior lateralmente e no forjado do coro. Sobre isso, se forrarían com madeira superiormente os degraus, lateralmente com umas bandas ou listones de madeira e inferiormente com uma espécie de contrachapado. Sim parece que tenha canto suficiente para uma solução assim, o que em todo o caso não tiraria importância nem talento à solução realizada.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger