AD (728x90)

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Feto segura a mão de um médico


Julie Armas, a mãe do pequeno Samuel - enfermeira obstetra em Atlanta -, ficou sabendo que o médico Dr. Joseph Bruner (Vanderbilt University Medical Center, em Nashville) poderia realizar esse tipo de procedimento cirúrgico de elevado risco em seu bebê. Assim, procurado pelos pais do bebê, o Dr.Bruner realizou a delicada cirurgia. Durante o procedimento, o médico retirou o útero do abdomem da mãe e fez uma pequena incisão para poder operar o bebê. Quando Dr. Bruner estava terminando a cirurgia, o bebê surpreendentemente estendeu sua pequenina mão pela incisão uterina ainda aberta e agarrou a mão do cirurgião com firmeza.

Um fotógrafo capturou esse acontecimento impressionante com perfeita nitidez. Os editores nomearam a foto como "Mão da Esperança". O texto a seguir, conforme publicado, explica as fotos:

"A pequena mão do feto de 21 semanas, Samuel Alexanders Armas, emerge do útero de sua mãe para agarrar o dedo do Dr. Joseph Bruner como se estivesse agradecendo ao médico pela sua vida." A mãe do pequeno Samuel diz que eles "choraram por dias" quando viram a foto. Ela disse: "A foto nos lembra que minha gravidez nada teve a ver com deficiência ou doença, mas sim com o dom de dar a vida a um pequeno ser humano."
Samuel nasceu com perfeita saúde no dia 2/12/1999. A operação foi 100% bem sucedida. Agora veja as fotos do ato cirúrgico e da criança alguns meses depois! NADA É POR ACASO...então nunca desista!!!"
Vamos ao estudo do caso?
Por mais incríveis que possam parecer, essas fotos são REAIS! Apenas algumas partes do texto é que são FALSAS!

No dia 19 de agosto de 1999, o Dr. Joseph Bruner chefiou uma equipe de cirurgiões para fazer uma operação revolucionária para a época: o feto, que tinha apenas 21 semanas de gestação, estava com uma lesão na coluna e foi submetido a um inacreditável procedimento. Os médicos abriram a barriga da mamãe, tiraram a bolsa com o pequenino dentro, drenaram o líquido amniótico, cortaram a placenta e operaram o feto. Num instante, colocaram a criança de volta lá dentro e, no dia 2 de dezembro de 1999, o pequeno Samuel nasceu forte e saudável.

A notícia se espalhou pelo mundo e ao cair na internet mudou um pouquinho. O texto que acompanha as fotos diz que o bebê agarrou a mão do doutor. Mas não foi bem assim que aconteceu.

Em entrevista ao jornal USA Today, o doutor explica que a mamãe estava completamente anestesiada e, dessa forma, o feto também estava inerte e não conseguiria fazer nenhum movimento. O Dr. Bruner conta que ele mesmo pegou a mãozinha do Samuel para testar-lhe os reflexos.

Portanto, as fotos são REAIS! Mas a história que as acompanha não são tão verdadeiras. De qualquer forma, parabéns para a ciência e para a equipe do doutor.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger