AD (728x90)

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Brinquedos....

Eaí galera?Beleza?
Hoje nessa postagem,Peço a ajuda dos leitores.Nos comentários,postem histórias reais que aconteceram com vocês ou conhecidos,em relação a brinquedos horríveis na infância.
   Pra começar,me lembro uma vez,eu tinha uns 10 ou 9 anos.Na época,semi-quase todo mundo tinha uns soldados para-quedistas que falavam umas coisas aleatórias tipo "pronto para voar" e "pela pátria,pelo agora!!".
     Lembro,que uma vez estávamos eu e meu colega brincando na casa da minha avó e tal'z,aí eu peguei esse soldado em especial.Aí meu colega ficou com medo e pediu pra guardar.Eu perguntei por quê,ele disse que tinha um desse,e que uma vez quando ele apertou o botão de falar,o boneco disse que ia matar ele.Aí eu comecei a rir,e falei:"e você acha que eu vou acreditar nessa mentira",e apertei o botão de falar do meu soldado,um dos momentos mais tensos da minha vida.O Maldito soldadinho disse:"E verdade...hahaha(imagine uma risada creepy de palhaço assassino)",e o pior veio depois,no susto,meu colega começou a chorar,de gritar  mesmo,desespero.E eu,joguei o maldito brinquedo na Árvore.Ele abriu o para-quedas,riu de novo,e agarrou em uma árvore.Nisso ele parou de rir,e começou a pegar fogo.Corri a 170 por hora para dentro junto com meu colega,aí choramos juntos até minha vó chegar até nós.
    Isso é sério manolos,aconteceu comigo,Augusto Victor.Mas e vocês, também tem algo a dizer?Comentem


    Augusto Victor


Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

1 comentários:

Araruna disse...

Existem vários brinquedos com aspecto bizarro, principalmente os mais antigos da época de nossos pais, mas o relato que colocarei aqui, aconteceu (algumas vezes) com um amigo meu, ele possuia quando menor, (10 anos de idade), um boneco que era muito famoso na época, o Baby da Família Dinossauro, nunca teve medo do brinquedo, mas costumava acordar de madrugada com barulhos e sons estranhos, chegou a pensar em ser um rato ou até mesmo o gato que morava em sua casa, até o dia que viu, no escuro mesmo, o Baby se movimentando e andando de um lado para o outro no quarto, ficou um bom tempo observando aquilo e voltou a dormir, achou que era sonho no dia seguinte, mas quando olhava para o boneco sentia um certo desconforto, na noite seguinte a mesma coisa, barulhos, vultos e a forma do Baby rondando o quarto, nessa noite não conseguiu dormir, e percebeu que realmente não era um sonho, conversou com sua mãe mas ela relevou, coisa de criança, não queria mais o boneco em seu quarto, não queria nem mais o boneco em sua casa, reclamou, chorou e sua mãe resolveu da-lo para a filha da vizinha que tinha uns 5, 6 anos na época. Algum tempo depois, voltando pra casa, encontra a filha da vizinha brincando com as amiguinhas na calçada, olha de relance para os brinquedos e vê o seu velho boneco do Baby com a cara toda riscada de caneta azul, vermelha, e volta a velha sensação ruim, entra pra casa e volta a sua rotina normal, porém a noite enquanto dormia, no meio da madrugada acorda com a luz do quarto acesa, acha muito estranho, pensa que sua mãe está no quarto a procura de alguma coisa, mas quando olha para o canto do quarto, vê, sentado com a cara toda rabiscada o maldito boneco do Baby, sente um frio tremendo e não consegue parar de encarar o brinquedo, até que o baby de forma sobrenatural, começa a se arrastar pelo quarto, como se estivesse muito ferido, ou quebrado e atravessa a parede voltando para a casa da vizinha, nesse momento a luz se apaga e meu amigo desesperado corre para o quarto dos pais gritando no escuro. Ele já me contou essa história 2 vezes, uma logo após o ocorrido e outra hoje, que está com 21 anos de idade, apesar de brincalhão eu acredito nele, você percebe quando seus amigos estão inventando alguma coisa.

Total de visualizações

 
Powered by Blogger