AD (728x90)

sexta-feira, 30 de março de 2012

A Lenda de Julie Legare




Em algum momento de 1800, uma menina estava visitando sua família em Edisto Island, na Carolina do Sul. Enquanto estava lá, a menina ficou doente, tinha pego malária ou alguma outra doença fatal da época. Ela morreu pouco tempo após ficar doente, e como antigamente achavam que doenças eram possíveis ser transmitidas através dos mortos, um caixão foi construído as pressas e ela foi enterrada no túmulo da família Legare.

Anos depois, outro morte aconteceu, e o Mausoléu (uma pequenas cabanas de concreto que eram feitas para depositar caixões de famílias inteiras) foi reaberta para colocarem um novo caixão. Para o choque dos presentes, um esqueleto caiu na frente deles. Aparentemente, a menina que tinha sido enterrada anos antes estava apenas em coma, e quando acordou, lutou do seu jeito para sair do seu frágil caixão, mas estava fraca demais para que pudesse mover a porta de concreto do Mausoléu. Marcas de arranhões cobriam toda a porta mostrando o pânico que estava antes de morrer, presa. O mausoléu ainda existe, mas agora, sem porta.


Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

1 comentários:

Luis disse...

PQP!sinistro.Coitada da menina

Total de visualizações

 
Powered by Blogger