AD (728x90)

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Lugares Assombrados em São Paulo!

Muitas vezes não temos noção de que alguns lugares que passamos foram no passado palco de tragédias que de alguma forma deixaram energias negativas (Fantasmas?). Imagine quantas praças já foram palco de enforcamentos públicos, casarões cenários de tragédias, ruas sobre cemitérios ? Cidades históricas estão repletas desses locais, conheçam agora os principais endereços dos fantasmas em São Paulo e morra de medo.



Edíficio Joelma
Endereço: Av. Nove de Julho, 225 Centro



O fogo destruiu o edifício e a imagem de pessoas se atirando do alto das janelas para fugir das chamas correu o mundo, virou um estigma.

Para fugir do fogo, 13 pessoas acabaram morrendo dentro do elevador. Como não foram identificadas, surgiu o "mistério das 13 almas". A elas seriam até mesmo atribuídos milagres. Mas a fama sinistra do Joelma vai além. Antes de o prédio ser construído, houve um assassinato naquele local. Um homem matou a mãe e as irmãs e as enterrou no poço dos fundos da casa. Quando o caso foi descoberto, ele se suicidou.

Castelinho da Rua Apa
Endereço: Rua Apa nº 236, esquina com avenida São João



Uma história de glamour e sangue abalou a aristocracia paulistana na noite de 12 de maio de 1937. Três membros de uma das mais abastadas e tradicionais famílias, os Reis, foram encontrados mortos em circunstâncias misteriosas.

O cenário do crime: o interior de um castelinho localizado na Rua Apa com a Avenida São João no centro de São Paulo. O imóvel é uma réplica de um castelo medieval, projetado e construído por arquitetos franceses no século passado.

Hoje as paredes estão caindo aos pedaços, há uma pilha de entulho no chão e pouco faz lembrar que aquilo é um pequeno castelo, a não ser a torre. O mesmo terreno abriga a ONG Clube de Mães do Brasil, que tem oficina profissionalizante de costura e de manuseio com produtos recicláveis, além de funcionar como creche.

A maranhense Maria Eulina Reis Hilsenbeck é quem administra o local. Ela não gosta quando o assunto envolve as histórias assustadoras sobre o castelo, que ela não reforma por falta de dinheiro. Mas cede e admite que existe uma “energia” diferente no ar. “É uma troca de energia. Está em volta da gente e não devemos ter medo”, diz Eulina.

Ela conta que teve um breve contato com a tal “energia” certa noite. “Ele (seria um garoto) estava na porta do castelinho com os braços cruzados me olhando. Perguntei o que estava fazendo ali e ele saiu”, relata a maranhense, que se diz espiritualista.

Para ver muito mais lugares Mal Assombrados clique aqui!

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

1 comentários:

Anônimo disse...

Até 2009 eu morei numa casa a 100m.
do muro do cemitério do brás, em
2002 eu passei a morar sozinho nos
fundos da casa, pois eu sou solteiro e tenho 45 anos, coisas
estranhas aconteceram, como:
a) fortes e frequentes estalos na
janela, cessaram quando me mudei.
b) alguma figura preta me deixava
imobilizado na cama por alguns
minutos sem poder se mexer e falar.

Total de visualizações

 
Powered by Blogger