AD (728x90)

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Veterinário diz que identidade de animal estranho do Panamá segue um mistério

Especialista também colocou em dúvida a história contada pelos jovens.
'As fotos não mostram nenhuma lesão', disse responsável por preservação.

A criatura estranha conhecida como "ET do Panamá" ainda é um mistério para o governo local, nove dias depois de supostamente ter sido encontrada em um lago do país da América Central.


Em uma entrevista ao G1 nesta segunda-feira (21), o veterinário Melquíades Ramos, técnico do órgão responsável pelas áreas protegidas e pela vida silvestre do Panamá, disse que até localizou um animal, mas não pode afirmar se é o bicho que aparece na foto mostrada por cinco adolescentes - a imagem que correu o mundo na semana passada (veja abaixo).




Cique em Leia Mais e saiba tudo sobre a Entrevista

Relembrando a história: no sábado (12), cinco adolescentes entre 14 e 16 anos estavam em torno do lago na cidade de Cerro Azul, quando dizem ter visto uma criatura bizarra saindo de uma gruta. Eles dizem que ficaram assustados com a aparência e com medo de serem atacados. Por isso, os jovens contaram a canais de TV que atiraram pedras até matar a criatura e a jogaram na água.

Um dos adolescentes mostrou fotos de celular.

Analisando essas fotos, em entrevista ao "Fantástico" que foi ao ar neste domingo (20), o biólogo Anderson Augusto, do Zoológico do Rio, afirmou que o ser é um mamífero, e que provavelmente trata-se de um tamanduá ou de uma preguiça. “Todo o membro anterior muito longo e com vários ângulos, denotando, realmente, uma preguiça. Com essas características, somente dois, tamanduás ou preguiças, nas Américas. Eu diria que é uma preguiça, caso não seja uma montagem”.

Ao G1, o veterinário panamenho Melquíades Ramos diz: "As formas anatômicas e as garras são de um bicho-preguiça. Mas, na parte torácica, é possível observar protuberâncias nas mamas, algo inexistente nas preguiças", afirmou Ramos, que destacou também que o formato da boca não parece com a do mamífero.

Ramos também colocou em dúvida a história contada pelos jovens. "O que parece estranho é que os jovens mataram o animal, mas as fotos não mostram nenhuma lesão”, destacou ele.

Além disso, o veterinário ressaltou que o fato aconteceu entre as 12h e 13h, mas duas horas depois a polícia chegou e a suposta criatura não estava mais no lugar.

“A Autoridade Nacional de Meio Ambiente realizou uma inspeção na área e não encontrou nenhuma evidência da existência de uma criatura estranha. A única evidência que se tem são as fotos dos adolescentes que encontraram, segundo eles, um ser estranho”, afirmou.

Ele destacou ainda que, durante as investigações, foram realizadas algumas entrevistas com pessoas da comunidade, sendo que alguns deles vivem há mais de 60 anos no local, e eles disseram que nunca viram animais incomuns no local. Os jovens que teriam matado o ser estranho também não são da comunidade.

Segundo Ramos, a única coisa que o órgão encontrou foi um bicho-preguiça a dois quilômetros do ponto onde supostamente os jovens haviam achado a criatura. Ele informou que era um macho e estava morto há três ou quatro dias.

Fonte:Globo.com

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

3 comentários:

Diego Flyfish disse...

Pelo que vi, já é quase certo que se trata de um bicho preguiça com algum tipo de anomalia... Se você comparar, realmente parece. Dá uma olhada na primeira imagem, note que o "et" não tem dedos, e sim garras, iguais as da preguiça.

Rhaldney disse...

Completando o que o Diego falou, sim e uma preguica que teve o seu pelo retirado, possivelmente quando estava entrando em um estado de decomposicao.

Anônimo disse...

Mas e as mamas meus amigo o dr sei la o que diz ali em cima que preguiças não tem mamas assim

Total de visualizações

 
Powered by Blogger