AD (728x90)

sábado, 9 de outubro de 2010

O celacanto, um monstro marinho de verdade

No ano de 1938 um grupo de pescadores apanhou um peixe diferente de todos os que conheciam. Grande, azul-escuro, com escamas parecendo uma couraça e grandes olhos azuis, era tão estranho que um dos pescadores o levou para a curadora do museu de história natural de East London, na África do Sul. Incapaz determinar a espécie do peixe ela escreveu para um professor que o identificou como um celacanto, que se acreditava estar extinto a pelo menos 70 milhões de anos. A publicação dos resultados abalou o mundo científico da época. O monstro pré-histórico vive nas águas profundas da costa oriental da África do Sul, ilhas Comores, no Canal de Moçambique, no Oceano Índico ocidental e na Indonésia. Eles podem passar facilmente dos dois metros de comprimento, mas apesar disso nunca ouve um registro de ataque a seres humanos.

Táxon Lazarus é o nome dado quando certas espécies de animais ou vegetais já consideradas extintas reaparecem. Não sei se quando isso acontece eu deveria me sentir feliz com a natureza mostrando que ainda pode nos surpreender ou se o certo seria me sentir triste, já que é mais uma espécie para o homem destruir. Não querendo ser pessimista, mas parece que todos os esforços feitos para salvar várias espécies da extinção não têm dado muito certo.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger