AD (728x90)

sábado, 9 de outubro de 2010

O Assassino do Zodiaco

O primeiro casal foi morto a tiros em 1968 próximo ao reservatório de São Francisco (EUA) poucos dias antes do Natal. Era o início de uma série de crimes que deixaria em pânico a população local entre a década de 60 e 70. No ano seguinte, no dia 4 de julho, um outro casal foi atacado de forma semelhante: baleados dentro de um carro, a garota, que era muito parecida com a primeira vítima, morreu na hora, mas seu namorado, mesmo gravemente ferido sobreviveu e fez uma descrição do assassino: ele seria um homem alto e musculoso e estava perseguindo sua namorada há alguns dias.

Depois deste crime o assassino passou a escrever cartas endereçadas a polícia, onde se identificava como “…o assassino dos dois adolescentes do último Natal e da garota do 4 de Julho…”. Algum tempo depois um novo casal foi atacado. Eles foram amarrados em uma árvore e esfaqueados por um homem encapuzado. Novamente apenas o namorado sobreviveu. Numa nova carta a polícia o assassino afirmou: “…Adoro matar pessoas…é mais diverido do que caçar, porque o homem é o animal mais perigoso de todos”

“Meu nome é Zodíaco. Matei dez pessoas, e matarei ainda mais. Quando morrer renascerei no paraíso e todos que matei serão meus escravos.” A partir daí o assassino passou a ter um nome e uma motivação. Passou também a ter fama nacional por “jogar” com a polícia.

O Assassino do Zodíaco nunca foi capturado e em sua última carta afirmou que mudaria o modo de seus assassinatos, fazendo com que seus crimes parecessem apenas assaltos seguidos de morte e que não se comunicaria mais com a polícia. Zombou novamente da polícia dizendo que nunca seria preso.

Written by

We are Creative Blogger Theme Wavers which provides user friendly, effective and easy to use themes. Each support has free and providing HD support screen casting.

0 comentários:

Total de visualizações

 
Powered by Blogger