AD (728x90)

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

DarkIn Project: Tem algo errado com esta vizinhança

   E aí galera, beleza?

   Depois de um longo tempo sem postar, aqui estou eu. Mas sabem como é, escola nova, novos deveres, mais responsabilidade... Enfim, esta merda toma tempo. Porém, para minha volta, trago este post. Que é no mínimo, estranho.

   A algum tempo, este canal no youtube, chamado de "DarkIn Project", começou a postar registros sobre atividades "sobrenaturais". Vídeos estranhos, que podem te passar o medo da situação em que o casal que lá vive se encontra.
   Ao ver o primeiro vídeo, logo me lembrei do canal "Marble Hornets", mas logo vi que não se tratava de uma paródia, e sim de algo verdadeiro. Talvez uma seita que lá habita, talvez um terreno que há anos foi palco de uma completa chacina, ou talvez, os dois juntos. Veja e se surpreenda:





  Para se manter presente nesta história, se inscreva no canal. E reze cara. Reze muito! SQN

Augusto Victor



Acesse Também: Augustos World

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Meteorito atinge região central da Rússia e deixa 400 feridos


YEKATERINBURGO - Cerca de 400 pessoas ficaram feridas em consequência de um meteorito que atravessou o céu sobre a Rússia nesta sexta-feira, lançando bolas de fogo na direção da Terra, quebrando janelas e acionando alarmes de carros. 

Em entrevista à 'Rádio Estadão', integrante da comunicação social Embaixada Brasileira na Rússia, Alexandra Rudakova, relata que não há brasileiros entre os feridos, mas que o clima é de pânico.



Moradores que estavam a caminho do trabalho em Chelyabinsk ouviram um barulho que parecia ser de uma explosão, viram uma luz forte e sentiram uma onda de tremor, de acordo com um correspondente da Reuters na cidade industrial, que fica a 1.500 quilômetros de Moscou. 

O meteorito atravessou o horizonte, deixando um longo rastro branco em seu caminho que podia ser visto a até 200 quilômetros de distância, em Yekaterinburgo. Alarmes de carros soaram, janelas quebraram e telefones celulares tiveram o funcionamento afetado pelo incidente. 

Autoridades municipais de Chelyabinsk disseram que cerca de 400 pessoas procuraram ajuda médica, a maioria por pequenos ferimentos causados por estilhaços de vidro. 

"Eu estava dirigindo para o trabalho, estava bem escuro, mas de repente veio um clarão como se fosse dia", disse Viktor Prokofiev, de 36 anos, morador de Yekaterinburgo, nos Montes Urais. "Me senti como se estivesse ficado cego pela luz", acrescentou. 

Não foram relatadas mortes em consequência do meteorito, mas o presidente Vladimir Putin, que nesta sexta-feira recebe ministros da Fazenda dos países do G20, e o primeiro-ministro Dmitry Medvedev foram notificados sobre os acontecimentos. 

Uma autoridade ministerial local disse que a chuva de meteoros pode ter ligação com um asteróide do tamanho de uma piscina olímpica que vai passar a uma distância de 27.520 quilômetros da Terra, mas isso não pôde ser confirmado. 

Incidentes do tipo são raros. Acredita-se que um meteorito tenha devastado uma área de mais de 2.000 quilômetros quadrados na Sibéria em 1908. 

O Ministério de Emergência da Rússia descreveu o acontecimento desta sexta como uma "chuva de meteoro na forma de bolas de fogo", e pediu aos moradores para manter a calma.




© Estadão 

Total de visualizações

 
Powered by Blogger